10
maio
0
Comentários

Importância da política de privacidade nos sites

Com a aprovação da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), muito se fala sobre a política de privacidade em sites. Mas você sabe o que isso significa?

A política de privacidade consiste em um documento jurídico que apresenta aos usuários, visitantes e consumidores quais são os dados que estão sendo coletados e o que será feito com essas informações. Ter essa transparência também mostra o profissionalismo e a credibilidade da sua organização para com os usuários.

Mas você sabe ao certo o que é esse documento, qual é a sua importância e como ele é produzido? Nós vamos explicar tudo!

O que é a política de privacidade?

Como falamos anteriormente, a política de privacidade de um site consiste no conjunto de termos que descrevem todas as práticas realizadas com os dados adquiridos em acessos de visitantes e usuários ao site.

Essas informações podem ser captadas de diversas formas. Algumas delas são: o preenchimento de formulário de contato, informações de navegação (cookies), dados sobre as páginas visitadas, fontes de tráfego, localização e comportamento do usuário no site.

O grande objetivo de uma política de privacidade é demonstrar ao usuário qual a finalidade da captação de dados e como eles serão usados pela empresa. Caso essas informações sejam repassadas para terceiros, isso também precisa estar descrito no documento para que o usuário tenha o poder de escolha sobre permitir ou não a liberação.

Importância da criação deste documento

Além da função da transparência, o site que conta com uma política de privacidade transmite credibilidade e segurança aos usuários.

Pensando juridicamente, o documento precisa ser bem escrito e com um alto grau de detalhamento. Isso é necessário pois, caso existam erros, as chances de causar problemas para a empresa são grandes.

Por ser um documento, é essencial que seja desenvolvido (ou pelo menos revisado) por uma assessoria jurídica. Isso garante que as chances de errar e causar dúvidas sejam menores.

Em casos específicos como Landing Pages, que possuem o objetivo de captar dados, é muito importante que os links para a política de privacidade e termos de uso estejam bem visíveis. Desta forma, o usuário pode analisar e definir se quer ou não passar seus dados.

Como montar uma política de privacidade

O primeiro ponto é a transparência. A política de privacidade precisa ser entendida por qualquer pessoa, evitando termos técnicos e jurídicos. O usuário que acessou o documento está disposto a lê-lo por se preocupar com os seus dados e, caso não compreenda, é bem provável que deixará o seu site e buscará por outras empresas.

O texto precisa apresentar quais serão as informações coletadas, como nome, e-mail, número do cartão de crédito (em e-commerces), cookies, entre outras informações. Não se esqueça de dizer qual será a forma de uso de cada uma delas.

Como falamos anteriormente, é essencial contar com a ajuda de profissionais do direito para ser assertivo. A Monello Advogados possui especialistas no assunto e poderá ajudar no desenvolvimento da política de privacidade do site da sua empresa.

Com a chegada da LGPD, já atendemos muitas organizações que precisavam estabelecer os termos para levar transparência e credibilidade aos usuários. Entre em contato com a nossa equipe e entenda como isso deve ser feito.

TAGS

Deixe um Comentário

'