10
dezembro
0
Comentários

Auditoria no Terceiro Setor: como funciona?

Certamente você já ouviu falar no termo “Auditoria”, principalmente se atua no ramo contábil. A auditoria representa o processo de análise e verificação de todos os registros financeiros e operações de uma empresa ou entidade. Em outras palavras, é uma prestação de contas com o fim de elucidar se todas as ações, as documentações e a contabilidade da organização estão de acordo com as normas estabelecidas pelo governo e as legislações vigentes. 

Qual a importância da auditoria nas entidades do Terceiro setor? 

Tal como uma empresa com fins lucrativos, as entidades do Terceiro Setor também precisam realizar uma prestação de contas para o governo e para a sociedade. Isso porque essas entidades também possuem movimentação financeira: doações recebidas, patrocínios, incentivos fiscais, contribuições e afins. Assim, a auditoria no Terceiro Setor garante segurança, credibilidade e transparência nas informações prestadas aos órgãos financiadores, patrocinadores e respectivos contribuintes, além de garantir as devidas isenções tributárias e fiscais em conformidade com a lei.  

Benefícios da auditoria no Terceiro Setor

A auditoria no Terceiro Setor traz alguns benefícios para as entidades e fortalece o seu trabalho social e a sua atuação. Alguns destes benefícios são:  

  1. Minimiza riscos e imprevistos nos balanços patrimoniais 
  2. Garante maior segurança jurídica 
  3. Auxilia na gestão interna das entidades: administrativa, financeira e contábil 
  4. Maior garantia de repasse de verbas, doações e isenção de impostos
  5. Identificação de oportunidades de melhoria e otimização de processos 

Auditoria no Terceiro Setor: como funciona

Agora que já sabe o que é uma auditoria e qual a sua importância para o Terceiro Setor, é hora de entender como o processo funciona.

Desde o momento da criação da entidade do Terceiro Setor, a auditoria se faz necessária. Essa fiscalização de todas as movimentações financeiras e contábeis pode ser feita pela própria Receita Federal, mas é mais recomendado que a auditoria no Terceiro Setor seja realizada por uma empresa externa e independente. Os profissionais realizam o processo no próprio local, por meio da análise de toda a documentação da entidade, planilhas financeiras, balanços e demais informações que sejam necessárias. 

Por meio da análise e dos levantamentos dos auditores, possíveis erros podem ser localizados, além de tentativas de fraude e, até mesmo, correções onde for necessário. 

Conte com a Monello Advogados para orientação jurídica

Contar com o apoio de profissionais especialistas em direito do Terceiro Setor, filantrópico e social  e ter assessoria jurídica é muito importante, não é mesmo? 

A Monello Advogados está pronta para te auxiliar. Nossos profissionais são especialistas em questões do Terceiro Setor. Há anos atuamos no segmento, possuindo total expertise no assunto. 

Quer conhecer mais sobre o nosso trabalho? Entre em contato com nossos especialistas agora mesmo. 

TAGS

Deixe um Comentário

'